Nunca imaginei um batidão vindo do Taemin

Entre os solistas masculinos no kpop atualmente, o Taemin é, de longe, o mais rentável, consagrado e interessante. Não somente pelo background de sucesso como integrante do Shinee, mas também pelo impecável trabalho solo. Ele conseguiu pegar elementos únicos e criar uma persona totalmente diferente da usada no seu grupo e por homens de uma forma geral: uma sensualidade delicada e “feminina”, que viria ser sua marca e influenciaria vários outros rookies por aí.

Leia mais »

Entre trancos e barrancos, aespa finalmente faz seu debut com “Black Mamba”

O debut de um grupo da Big3 sempre causa comoção na mídia, nos fãs de kpop e no público geral. Isto porque essas empresas são grandes nomes na indústria e responsáveis por lançar e ditar novas tendências, ainda mais a SM, que foi uma das precursoras do gênero na Coréia e no mundo e todos os seus atos, sem exceção, se consolidaram de forma expressiva no mercado. Então, nada mais esperado que o aespa nascesse hypado, considerando que o único girlgroup ativo é o Red Velvet e as boleiras se encaminham para o 6° ano de carreira e ninguém sabe se irão ou não renovar o contrato… Melhor prevenir que remediar, né? Mas será que as novas queridinhas do Lee Sooman foram bem sucedidas na sua estreia?

Leia mais »

Everglow não tem tempo para haters em “La Di Da”

O Everglow é um grupo que eu considero que teve um timing perfeito. Elas debutaram na época em que atos femininos faziam sua transição para um conceito mais adulto, que a fanbase internacional estava crescendo, que as pessoas órfãs de um girlcrush procuravam um batidão pra chamar de seu (já que o Blackpink, até então, lançava apenas um single por ano), e de quebra, duas das seis gurias ainda conseguiram chamar certa atenção no Produce 48. Então a empresa estava com a faca e o queijo na mão.

Leia mais »

[RESUMÃO] SuperM, Lovelyz, Super Junior, Jackson e muito mais…

No fim de cada mês, eu sempre costumo reunir os lançamentos que, por algum motivo, não ganharam um post solo. Porém, resolvi mudar um pouco as coisas e decidir dividir o nosso amado RESUMÃO: ao invés de juntar tudo e comentar depois, agora teremos dois ao longo do mês. Acredito que ficará mais interessante ler sobre as músicas mais perto de seu lançamento, até mesmo pra colocar na playlist. Sendo assim, vamos ver o que rolou durante as primeiras semanas de setembro que não teve um post para chamar de seu.

Leia mais »

Tentaram derrubar o Wonho, mas esqueceram que cobra rasteja

Esse título é mais batido que tudo aqui, mas quem liga, não é mesmo?

Os últimos meses não foram fáceis para o Wonho. A saída repentina dele do Monsta X mexeu com as estruturas do grupo, que até então carregava uma imagem bem “limpa” e livre de grandes polêmicas, e até dele mesmo, que foi obrigado a encarar de frente todos os seus demônios. Ninguém, inclusive eu, sabia como essa história iria terminar, já que foram meses de silêncio, porém, uma luz no fim do túnel apareceu e tivemos um final feliz, mesmo não sendo exatamente o que todo mundo queria e/ou esperava, mas que acabou rendendo um excelente trabalho e um dos melhores debuts do ano, de longe.

Leia mais »

Parece que a Cube finalmente entendeu o que dá certo com o CLC

O CLC tem uma trajetória um tanto conturbada pra não dizer bagunçada dentro do kpop. Seja pela mudança de line up por duas vezes (debutaram com cinco, depois viraram seis, até chegarem a sete membros), seja pela troca excessiva de conceitos em seus lançamentos, as meninas da Cube nunca conseguiram, de fato, fidelizar uma fanbase grande o suficiente para colocá-las, pelo menos, perto do topo. Mas parece que a empresa entendeu o que dá certo com elas, já que voltaram com um excelente single.

Leia mais »

[RESUMÃO] Twice, EXO-SC, Hwasa, Sunmi, Stray Kids e muito mais…

A ideia de fazer meu comeback no fim de junho/começo de julho era voltar com o blog normalmente junto as pautas e as resenhas. Mas apareceu tanta demanda no trabalho que eu quase não consegui ouvir as coisas que nossos idols favoritos lançaram lá na Coreía, quiçá escrever sobre eles. Então, o resumão do mês sete de 2020 tá meio grande, mas o que vale é a intenção, né? Então vamos ver o que rolou mês passado e eu não consegui cobrir.

Leia mais »